Notícias
26
mar
2020
FASE DE MITIGAÇAO EM PORTUGAL
Portugal
“Estamos em fase de mitigação”, afirmou esta quarta-feira a directora-geral da Saúde Graça Freitas. Mais precisamente, na fase em 3.2 do plano de contingência, “o que quer dizer que temos transmissão comunitária”. “Não é descontrolada, mas existe. É por esse motivo que vai entrar em vigor um novo plano para abordar a covid-19”, continuou. Ou seja, haverá uma generalização de testes e do atendimento a doentes covid-19 com todos os hospitais a prestar cuidados e os centros de saúde. E com grande parte dos doentes a serem seguidos em casa. As novas regras entram esta quinta-feira em vigor e são para a aplicar a todo o sistema de saúde: público, privado e social.
 
Quem é considerado caso suspeito?
Os critérios foram alargados. Antes para se ser validado como caso suspeito era preciso ter mais de um sintoma relacionado com a doença covid-19 e ter um link epidemiológico com uma zona de risco ou contacto próximo com um caso confirmado. Com as novas regras passa a ser caso suspeito quem tiver um destes sintomas: tosse persistente ou agravamento de tosse habitual; febre igual ou acima dos 38ºC; dispneia ou dificuldade respiratória.
 
O que devo fazer?
Deve ligar para a linha SNS24 de forma a ser atendido por um enfermeiro que irá aplicar o algoritmo relacionado com a infecção provocada pelo novo coronavírus e que fará uma avaliação da gravidade dos sintomas. Em alternativa pode ligar para as linhas telefónicas que estão a ser criadas nos centros de saúde e unidades de saúde familiares, onde poderá expor os sintomas a um médico de família ou enfermeiro de família que fará a avaliação.
 
Que encaminhamento posso ter?
De acordo com a avaliação dos sintomas, o doente pode ser encaminhado para:
 
Autocuidados, com isolamento em casa e sob vigilância, em caso de sintomas ligeiros;
Para avaliação médica em Área Dedicada Covid-19 (ADC) no centro de saúde, em caso de sintomas moderados;
Para avaliação médica em ADC no serviço de urgência, em caso de sintomas graves;
Para ligação directa com o INEM em caso de urgência.
 
Quem deve ser testado?
Todos os casos suspeitos devem ser testados. Segundo a norma, todos casos suspeitos devem ser registados no Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica (SINAVE), assim como os resultados das análises, sejam feitas por entidades públicas ou privadas e os resultados sejam negativos ou positivos.
 
Existem prioridades?
Se não for possível testar todos os casos suspeitos, a norma define prioridades:
Doentes com critérios de internamento hospitalar;
Recém-nascidos e grávidas;
Profissionais de saúde sintomáticos
Doentes com outras patologias como Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC), asma, insuficiência cardíaca, diabetes, doença hepática crónica, doença renal crónica, cancro (doença activa) ou estados de imunossupressão;
Doentes em situação de maior vulnerabilidade, como residência em lares e unidades de convalescença;
Doentes com contacto próximo com pessoas com as doenças acima descritas.
A indicação é autocuidados. O que acontece?
Deve permanecer em isolamento em casa. A linha SNS24 irá avaliar se a habitação tem condições para isolamento; se não houver condições e não existir uma alternativa, será encaminhado pela linha para a ADC da urgência;
 
Será avaliado e monitorizado pela equipa de saúde do centro de saúde ou unidade saúde familiar. O seguimento será feito via telefone preferencialmente pelo seu médico de família. O contacto telefónico deverá acontecer até 24 horas após o contacto com a linha SNS24 ou a linha do centro de saúde;
As equipas de saúde pública fazem um inquérito epidemiológico para rastreio de contactos e para a implementação de medidas que considerem necessárias;
Será submetido ao teste para detecção de covid-19. É-lhe enviado por SMS a requisição do teste e o agendamento da colheita. Os centros de saúde têm indicação de quais os laboratórios disponíveis. A colheita da amostra, seja no domicilio ou em laboratório, e a realização do teste deve acontecer no prazo máximo de 48 horas após o contacto do doente;
Recebe a informação do resultado e indicações a seguir de acordo com o mesmo.
 
LER MAIS EM: https://www.publico.pt/2020/03/25/sociedade/noticia/vai-testado-ligar-onde-sera-tratado-muda-meianoite-1909466?fbclid=IwAR33NxZ9UYA01BUR4hJGJlkbUT9Bb3uQ_8xWmZDhFcZs76UpJmvM5RZxLMU
 
Fonte, PÚBLICO.
< voltar
Newsletter
A carregar...